"O ser humano não é somente um ser da natureza regido unicamente pelo instinto: tendo fome, lança-se sobre uma porção de comida. Ele é, principalmente, um ser de cultura, que o leva a moderar o instinto e a ritualizar o ato de comer, geralmente à mesa, junto com outras pessoas. A passagem do animal ao humano se deu exatamente quando nossos antepassados antropóides começaram a comer juntos com o seu grupo de convivência. Daí nasceu a comensalidade. Ela significa comer e beber juntos, expressão singular de nossa verdadeira humanidade".
Leonardo Boff Virtudes para um Outro Mundo Possível, volume III

sabor e sétima ar.te

Author: saborear.te // Category:
Após este período de carnaval, retomamos o saboresétimaar.te!

Procurando seguir uma linha de raciocínio a partir do último filme comentado (Nenhum a Menos), indicamos o filme brasileiro Última Parada 174. Baseado na tragédia urbana acontecida no Rio de Janeiro em junho de 2000, em que Sandro do Nascimento seqüestrou um ônibus coletivo e manteve os passageiros como reféns, culminando com a morte de uma delas e, pouco tempo depois, do próprio seqüestrador. Inspirado no documentário Ônibus 174, de José Padilha, o filme Última Parada 174, que tem direção de Bruno Barreto e roteiro de Bráulio Mantovani (mesmo roteirista do consagrado Cidade de Deus), consiste num relato ficcional sobre a história de vida do seqüestrador, mantendo-se fiel à veracidade dos fatos mais marcantes da vida pessoal deste criminoso. Através da transmissão ao vivo das últimas horas deste seqüestro pela TV, milhões de pessoas que acompanharam aquela situação indignaram-se com a atitude do jovem criminoso, o que é perfeitamente compreensível. O que esta mesma maioria desconhecia (e, em boa parte, certamente ainda desconhece) é que aquele criminoso, quando ainda era criança, perdera a mãe, que foi assassinada, e a partir de então se tornou um "menor / infrator de rua", fazendo parte, posteriormente, do grupo que permanecia nos arredores da Candelária; Sandro do Nascimento foi, inclusive, um dos que conseguiu sobreviver à "Chacina da Candelária". Este filme ilustra, portanto, aspectos que boa parte das pessoas desconhece ou que, apesar de conhecer, tende a fazer de conta que não existem. Entendemos, desse modo, que Última Parada 174 consiste em um convite à reflexão sobre tais aspectos.

Acesse o trailer abaixo!

DVD e CDs disponíveis na saborear.te

Author: saborear.te // Category:
É com grande satisfação que comunicamos que já estão à disposição os seguintes produtos:

- Irmãos Aniceto e Orquestra Eleazar de Carvalho, DVD (R$ 20,00);

- Célia Dias, CD Anúncios (R$ 25,00)

- Di Freitas, CD O Alumioso (R$ 18,00)

- Carroça de Mamulengos, CD Os Afilhados do Padrinho (R$ 18,00).
Prestigie a Arte Nordestina!





Mais de Garanhuns...

Author: saborear.te // Category:
Algumas fotografias de Garanhuns nesse período de Carnaval!






Garanhuns: cidade das flores, capital carnavalesca do jazz e do blues

Author: saborear.te // Category:
Algumas fotografias de Garanhuns... Na ordem: Alto do Magano; Festival de Jazz e Blues; Castelo de João Capão (uma pessoa extremamente simples, mas que está concretizando o seu sonho: construir o seu próprio Castelo... já fazem 28 anos... outro exemplo da força nordestina...); Relógio de Flores.
Se você ainda não conhece, programe-se para o próxmo Festival de Inverno, que acontece tradicionalmente em Julho, com acesso totalmente GRATUITO!











"Uma imagem diz mais do que mil palavras"

Author: saborear.te // Category:
Se esse ditado está correto, dispomos algumas fotografias de nosso espaço e de alguns produtos!

Para os que já conhecem, um estímulo para retornarem em breve!

Para os que ainda não conhecem, um convite para brevemente nos conhecerem!

Agradecemos, mais uma vez, pela sua visita!

"Nenhum a menos"

Author: saborear.te // Category:
Ao observar a remuneração prevista para os profissionais que forem aprovados em concurso da prefeitura de uma cidade caririense, a indignação foi instantânea. Dentre os cargos de Nível Superior, a remuneração proposta para graduados (sem especialização) é, em média, de R$ 1.100,00 para uma carga horária semanal de trabalho de 20 horas; para os professores, que também possuem Nível Superior e para a mesma carga horária de 20 horas, a remuneração proposta é de R$ 379,50.

Percebe-se, portanto, a enorme (des)valorização da educação pública pela nossa sociedade civil "(des)organizada", entendendo-se que tal situação não é exclusiva desse município em particular. Assim, acredita-se que enquanto a maioria da população não tiver consciência de seu papel na perspectiva do planejamento, da execução e da fiscalização das políticas públicas em nosso país, ABSURDOS como esse tendem a ser desconhecidos ou, quando conhecidos, tendem a ser aceitos como "normais". Infelizmente, sem se dar conta, essa mesma maioria da população tende a se surpreender quando alunos da rede pública ou não concluem seus estudos ou apesar de os concluírem não apresentam "desempenho satisfatório" ou na pior das possibilidades, independentemente de concluírem, ingressam na criminalidade, furtando, roubando e, infelizmente, matando pessoas... pessoas que fazem parte da referida maioria "adormecida" diante dos seus direitos e deveres civis...


Diante de tantos crimes e de tantas discrepâncias relacionadas à "coisa pública" que temos observado com indesejável freqüência, sobretudo no contexto educacional, indicamos o filme Nenhum a menos neste saboresétimaar.te.


Nesta produção chinesa, vencedora do Festival de Veneza de 1999, retrata-se, magistralmente, o descaso do poder público para com a educação/formação de pessoas em situação de extrema vulnerabilidade social. Em uma escola da zona rural da China, o professor da única turma pede licença do trabalho para cuidar de sua mãe doente e, em seu lugar, assume a jovem Wei, com apenas 13 anos de idade. Além da natural insegurança e das precaríssimas condições de trabalho que a jovem se vê obrigada a aceitar em função da remuneração, que, apesar de irrisória, era necessária para sua sobrevivência, Wei recebe a seguinte "sentença" do professor titular: para receber a tal remuneração, ela teria que garantir a presença de todos os seus alunos até o momento em que entregasse de volta a turma para ele; ou seja, nenhum aluno ou aluna poderia "desistir" das aulas. Contudo, muito pior que desistir, um de seus jovens alunos foge, literalmente, da escola e do lugarejo rumo à cidade grande, em busca de condições menos miseráveis de vida. A partir daí, o espectador torna-se fielmente cativo ao drama que se desenrola com a saga de Wei, que apesar de estar como professora, era criança tanto quanto o aluno fugitivo. Difícil não se emocionar com essa estória e, mais difícil ainda, não despertar a percepção de uma série de (infelizes) semelhanças dessa ficção com a triste realidade que uma parcela significativa de nossa população enfrenta, cotidianamente.


Acesse o trailer abaixo!





Carnaval 2010 com jazz e blues... começa com "G", mas não é só Guaramiranga, no Ceará...

Author: saborear.te // Category:




Quem ainda não conhece Garanhuns, cidade do agreste pernambucano, não precisa esperar até julho, pelo tradicional Festival de Inverno, que acontece todos os anos nesta charmosa cidade, carinhosamente chamada de "Suiça Pernambucana", pelo clima extremamente agradável.

Cercada por Sete Colinas (inspiração para o nome da tradicional fábrica de chocolates artesanais que temos a grande satisfação de disponibilizar, pioneiramente, aos nossos clientes aqui na Região do Cariri), Garanhuns abrigará a terceira edição desse Festival de Jazz com expectativa de mais um grande sucesso.

Este ano a programação contará com a participação de artistas brasileiros - pernambucanos, paranaenses, paulistas e cariocas - e de outros países - Argentina, Chile e EUA. Além disso, estão previstos três workshops e, pela primeira vez, um concurso cultural que "vai premiar o público presente nos intervalos dos shows, com instrumentos musicais de qualidade (entre os principais premios estão uma bateria Odery, uma guitarra autografada por Magic Slim, um contra-baixo, um violão elétrico, um teclado Roland), cd´s, camisas Broomer oficiais do Festival, chaveiros-Gaita da Bends e pratos para bateria da Orion".

Finalizamos ressaltando um aspecto extremamente positivo dos Festivais de Garanhuns - tanto o de Inverno como o de Jazz - que consideramos exemplar; além de oferecerem excelentes programações, o acesso aos shows é TOTALMENTE GRATUITO.

Em Guaramiranga, cidade serrana cearense que acolhe um Festival de Jazz & Blues já consagrado há mais de dez anos, quem quiser assistir a boa parte dos shows tem que comprar ingresso, que varia de R$ 30,00 a R$ 50,00 (inteira) ou de R$ 15,00 a R$ 25,00 (meia).

Para maiores informações, acesse:




Festival Jazz & Blues - Guaramiranga Fortaleza:

"O sertanejo é, antes de tudo, um forte." (Euclides da Cunha)

Author: saborear.te // Category:
--
Nos últimos dias, cerca de 250 mil pessoas visitaram Juazeiro do Norte por conta da romaria de Nossa Senhora das Candeias, considerada a mais bela dentre as três grandes romarias anuais. Ao anoitecer do seu último dia, ruas da cidade são iluminadas pelas velas dos devotos, na tradicional Procissão das Candeias.
A bela demonstração de fé pode ser, ainda que muito superficialmente, ilustrada através das fotografias abaixo, obtidas no pátio da Basílica de Nossa Senhora das Dores, totalmente ocupado pelos romeiros com suas candeias, após a Procissão.
Ao ver tais imagens e, principalmente, ao acompanhar de perto tamanha demonstração de fé, fica difícil discordar de Euclides da Cunha, quando afirmou que "o sertanejo é, antes de tudo, um forte", pois na sua extrema simplicidade, resistência e, sobretudo, resignação diante das enormes desigualdades sociais, o nordestino demonstra, com a sutileza que muitos confundem com fraqueza, a sua enorme força.